• Guia de Acessibilidade: nova versão estará disponível em maio
    13 de abril

    O Guia de Acessibilidade do SIDI - que apresenta diretrizes para o desenvolvimento de aplicações móveis voltadas a pessoas com deficiências - ganhará uma versão atualizada no início de maio.

    Leia mais

  • Patentes: três obtêm concessão nos Estados Unidos
    13 de março

    Neste início de ano foram obtidas concessões de três patentes de autoria do SIDI junto ao United States Patent and Trademark Office (USPTO).

    Leia mais

  • Knox: SIDI é reconhecido como centro de competência em framework
    6 de março

    A forte contribuição do SIDI à evolução da plataforma Knox obteve um reconhecimento importante: sua nomeação como Center of Knox Platform, dentro da estrutura global da Samsung nessa área.

    Leia mais

  • Time de B2B recebe novas atribuições em encontro global
    27 de fevereiro

    Os especialistas da área de B2B do SIDI tiveram participação ativa no workshop Global SME (Subject Matter Expert) da Samsung, que aconteceu entre os dias 21 e 23 de fevereiro, em Vancouver, no Canadá.

    Leia mais

  • Little Artist ganha versão para Windows 10
    14 de fevereiro

    Desenvolvido pelo SIDI, o aplicativo Little Artist acaba de ganhar uma nova versão destinada a computadores da Samsung com Windows 10.

    Leia mais

  • Samsung Pay: sucesso com um toque brasileiro
    24 de janeiro

    O lançamento do Samsung Pay no Brasil, ocorrido em julho de 2016, foi um acontecimento importante para a Samsung e para o mercado brasileiro, escolhido para ser o primeiro na América Latina a dispor desse serviço.

    Leia mais

  • Samsung Concierge: serviço personalizado para usuários premium
    20 de janeiro

    Exclusivo para o Brasil, o Samsung Concierge coloca à disposição dos usuários do Galaxy S7 e S7 Edge um serviço premium e gratuito de assistência personalizada.

    Leia mais

  • Samsung Embaixador: Treinamento e Engajamento de Força de Vendas
    19 de janeiro

    Plataforma de engajamento das equipes de vendas que atuam dentro das lojas das operadoras e grandes redes varejistas, o Samsung Embaixador foi lançado com exclusividade no Brasil com foco no smartphone Galaxy S7.

    Leia mais

  • Samsung Kids, um parquinho de diversões virtual
    17 de janeiro

    Criado para o mercado brasileiro, o aplicativo foi lançado em fevereiro de 2016 e está disponível para uma grande variedade de aparelhos Samsung.

    Leia mais

  • Samsung+, desenvolvimento Cloud para o mercado dos EUA
    16 de janeiro

    Resultado de contrato firmado pelo SIDI com a Samsung Electronics America (SEA), de Mountain View, Califórnia, o Samsung+ é uma plataforma de fidelização de usuários voltada para o mercado norte-americano.

    Leia mais

  • VoWi-Fi: chamadas de voz sobre Wi-Fi pelos celulares Samsung
    11 de janeiro

    As chamadas de voz por redes de dados - Wi-Fi ou LTE - são uma tendência que vem crescendo no mundo todo.

    Leia mais

  • Samsung All in One com software para TV brasileira
    6 de janeiro

    Desenvolvido no SIDI a pedido da Samsung Coreia, o software para a versão com TV do Samsung Essentials All in One, lançado em setembro no Brasil, é um dos destaques do trabalho da equipe de PC Solutions em 2016.

    Leia mais

  • PC Gallery, um software para organização de fotos no PC
    4 de janeiro

    Lançado em dezembro, o PC Gallery foi desenvolvido pela equipe de PC Solutions do SIDI, com a colaboração de parceiros de desenvolvimento da Samsung.

    Leia mais

Um Instituto de Desenvolvimento para a Informática. Uma entidade privada, sem fins lucrativos e credenciada pelo Comitê da Área de Tecnologia de Informação (CATI).

Criado em abril de 2004, o SIDI nasceu para ser referência em soluções móveis na América Latina, inspirado pelos pilares de inovação, qualidade e foco no cliente.

Com uma visão inovadora e sempre atento ao mercado, o SIDI reúne profissionais que trabalham focados em oferecer as soluções mais modernas do mercado, da identificação de problemas e necessidades até a entrega final das soluções, passando por todas as etapas de criação e desenvolvimento.

Nossa Visão

Ser um centro de P&D de excelência, contribuindo para o mercado por meio da inovação.

Nossa Missão

Tornar a vida das pessoas mais conveniente, pesquisando, desenvolvendo e inovando em produtos, serviços e soluções.

Nossos Valores

Excelência técnica, foco na satisfação do cliente, comprometimento e inovação.

Competências

O SIDI busca, a cada dia, ampliar sua contribuição com a cultura de P&D, fortalecendo seus principais pilares através do desenvolvimento do potencial de seus funcionários.

Leis de incentivo

Instituto de Pesquisas credenciado pelo Comitê da Área de Tecnologia de Informação (CATI) desde 2004, o SIDI está apto a gerir projetos e recursos sob o âmbito da Lei de Informática.

saiba mais

Inovação

O SIDI dispõe de uma área de Inovação Tecnológica para apoio aos seus pesquisadores, inventores e gestores da propriedade intelectual.

saiba mais

Desenvolvimento de SW

Uma equipe dinâmica, capaz e motivada em busca de novas soluções que atendam às demandas tecnológicas de mercado.

saiba mais

Cases

Samsung Kids

Criado para oferecer uma solução completa e segura para o público infantil brasileiro.

Veja o case completo

Samsung Embaixador

Plataforma de engajamento dos canais de vendas da Samsung

Samsung Concierge

Serviço de atendimento exclusivo para usuários de Samsung S7, S7 Edge, S8 & S8+

Guia de Acessibilidade

Instruções para desenvolver aplicativos acessíveis para dispositivos móveis

Kids Mode

Apresentando dispositivos Samsung ao público infantil.

S Note

Crie, Edite e Gerencie as Notas de seu mobile em seu PC.

Chamada Certa

O Samsung Chamada Certa direciona todas as ligações de acordo com a operadora.

Carreiras

A importância de cada indivíduo dentro da organização é clara e reconhecida. A busca diária é proporcionar um ambiente em que o profissional possa sentir que fez a escolha certa para a sua carreira.

Os funcionários do SIDI são constantemente envolvidos e desafiados - através do desenvolvimento dos projetos e na interação nos grupos - e incentivados a atingir as metas do instituto com espírito criativo e inovador.

Tenha certeza: o SIDI é a empresa certa para todos que atuam na área de Tecnologia.

Possui interesse em fazer parte da nossa equipe? Inscreva-se!

Preencha o formulário e receba um aviso quando uma nova vaga estiver disponível.

Inscreva-se

Fale Conosco

Rua Aguaçú, 171 (Alphaville Empresarial)
Campinas, São Paulo, 13098-321

Ícone de telefone +55 19 3344-4500 Ícone de envelope de carta contato@sidi.org.br

Redes sociais

Onde nos encontrar

Ou mande uma mensagem

Sucesso!

Sua mensagem foi enviada com sucesso. Responderemos assim que possível.

Erro!

Infelizmente não foi possível enviar sua mensagem. Tente novamente ou entre em contato conosco.

Leis de incentivo

Ao longo de sua história, o SIDI vem gerando resultados, disseminando conhecimento, fomentando inovação e acumulando experiência em gestão e execução de projetos de desenvolvimento de software. Sua atuação é alinhada com as Leis de Informática (8.248/91), de Inovação Tecnológica (10.973/04) e do Bem (11.196/05), incluindo projetos em parceria com Universidades.

Inovação

O SIDI vem produzindo invenções ao longo de sua história, mantendo uma área de Inovação Tecnológica responsável pela Gestão da Inovação, incluindo os processos de ideação e captura de ideias, o apoio aos inventores e pesquisadores na produção de papers ou patentes e a gestão da propriedade intelectual. As invenções produzidas pelo SIDI resultaram em 40 pedidos de patentes, dentre as quais nove já foram concedidas.

Guia de Acessibilidade: nova versão estará disponível em maio
13 de abril

O Guia de Acessibilidade do SIDI - que apresenta diretrizes para o desenvolvimento de aplicações móveis voltadas a pessoas com deficiências - ganhará uma versão atualizada no início de maio. O Guia também está de cara nova desde o começo de Abril, quando incorporou recursos de acessibilidade que facilitam a navegação por pessoas portadoras de deficiência visual.

A primeira versão do Guia de Acessibilidade foi publicada em novembro de 2016 e anunciada na palestra “Acessibilidade Móvel - por um mundo mais inclusivo” no VIII Encontro Internacional de Tecnologia e Inovação para Pessoas com Deficiência, realizado em São Paulo.

“Agora, estamos trabalhando na tradução do Guia para a língua inglesa e na atualização do conteúdo, que estará disponível na nova versão”, adianta Fernanda Kussama Pellegrini, gerente no time de Mobile Solutions do SIDI.

Resultado de um extenso trabalho de pesquisa que vem sendo realizado desde 2015 com parceiros de desenvolvimento da Samsung e com o apoio da mesma, o Guia de Acessibilidade traz diretrizes para desenvolvedores, UX/UI designers e testadores interessados em criar aplicações Android para o público formado por pessoas com deficiências visuais, inicialmente. Como parte desse trabalho, foi desenvolvida a aplicação Controle Fácil. “A ideia do aplicativo é facilitar o controle de despesas feito por pessoas com deficiência visual para que fosse possível validar os requisitos de aplicações acessíveis disponíveis no Guia.”, afirma Fernanda.

Além disso, o trabalho desenvolvido pelo Grupo de Pesquisa em Acessibilidade também gerou vários artigos acadêmicos, que têm sido apresentados nos principais eventos nessa área. O mais recente ocorreu em janeiro deste ano, em Beppu, no Japão, durante a ACM IMCOM 2017 - The 11th International Conference on Ubiquitous Information Management and Communication.

Patentes: três obtêm concessão nos Estados Unidos
13 de março

Neste início de ano foram obtidas concessões de três patentes de autoria do SIDI junto ao United States Patent and Trademark Office (USPTO). Com isso a Samsung assegura a proteção efetiva das respectivas invenções, o que só ocorre com a concessão (ou grant) da patente.

O colaborador Antônio Henrique Postal é o autor da patente Method to trigger and control the execution of Management Policies (Management Policy Actions), que foi concedida no dia 28 de fevereiro. Resultado dos trabalhos realizados em padronização e de participações no fórum Open Mobile Alliance - Device Management (OMA-DM), essa patente também já foi depositada no INPI brasileiro.

As outras duas patentes concedidas pelo USPTO têm origem em um projeto desenvolvido pelo SIDI em parceria com o Instituto Recôncavo, da Bahia. São elas: System for Organizing and Guiding a User in the Experience of Browsing Different Applications based on Contexts (UI Awareness) e System and Method for Digital Analysis of Authenticity and Integrity of Documents using Portable Devices (método Steganography), concedidas, respectivamente, em 21 de fevereiro e 7 de março.

Knox: SIDI é reconhecido como centro de competência em framework
6 de março

A forte contribuição do SIDI à evolução da plataforma Knox obteve um reconhecimento importante: sua nomeação como Center of Knox Platform, dentro da estrutura global da Samsung nessa área. A nova atribuição foi dada pelo próprio líder do framework KNOX, o engenheiro Sungoh Hwang, durante workshop realizado no SIDI, em janeiro deste ano.

“Um dos objetivos do workshop foi a apresentação de uma nova organização, com a definição mais precisa do papel de cada grupo envolvido no projeto Knox”, explica Ruth Soliani, gerente da área de segurança. Hoje, esse projeto conta com a participação de equipes do Brasil, Estados Unidos, Índia, Polônia, Canadá e da própria Coréia do Sul. “A equipe do SIDI trabalha na camada de framework do Knox desde 2011. Assim, a nomeação representa a confirmação dessa responsabilidade, que já resultou no aumento da nossa equipe e em novas áreas de atuação”, acrescenta Ruth.

O time do SIDI participou, também, de três workshops sobre a plataforma Knox realizados em fevereiro, em Mountain View, na Califórnia. O primeiro, nos dias 10 e 11, reuniu líderes de desenvolvimento e VPs da Samsung no mundo todo, com o objetivo de discutir o planejamento e a definição de escopo para as próximas versões do Knox.

Os outros dois workshops tiveram caráter técnico. Entre os dias 13 a 16, o assunto tratado foi Knox Framework e, de 14 a 16, o foco foi Knox Security. Ruth conta que, no workshop Knox Framework, a equipe do SIDI fez a apresentação de uma nova ferramenta para automação de testes. “A ideia nasceu no SIDI, que fez um protótipo da ferramenta que, agora, está sendo desenvolvida em conjunto pelos vários laboratórios envolvidos no projeto Knox”, diz ela.

Time de B2B recebe novas atribuições em encontro global
27 de fevereiro

Os especialistas da área de B2B do SIDI tiveram participação ativa no workshop Global SME (Subject Matter Expert) da Samsung, que aconteceu entre os dias 21 e 23 de fevereiro, em Vancouver, no Canadá. O evento reuniu 24 profissionais do time global de suporte ao mercado corporativo, que é responsável pelo atendimento aos clientes da empresa em todo o mundo, em assuntos específicos - como os produtos da família Knox, entre outros.

“Foi um encontro bastante proveitoso, que propiciou a oportunidade de conhecer os resultados das várias equipes que fazem parte da estrutura global de B2B e, ainda, de discutir e alinhar processos e de trocar experiências sobre problemas resolvidos”, conta Thiago Gallo, que representou o time do SIDI no evento, junto com Rafael Peixoto. Além disso, o primeiro dia do workshop foi dedicado à apresentação de novos produtos, serviços e atualizações (como a nova versão do Knox), para os quais a equipe de B2B terá de dar suporte.

Nos outros dois dias do evento, foram realizados diversos treinamentos em áreas específicas. E os especialistas do SIDI tiveram a missão de ministrar dois deles, sobre temas que conhecem bem: Thiago foi responsável pelo treinamento Suporte à Plataforma iOS (da Apple) no Knox Premium, enquanto Rafael tratou da Análise e Solução de Problemas em Firewall do Knox.

Ao final do workshop, quando foram apresentadas as metas de B2B da Samsung para 2017, a equipe do SIDI recebeu a incumbência de apoiar dois novos serviços: a integração do sistema interno de licenciamento de software da Samsung com sistemas de parceiros e revendedores, bem como a funcionalidade Mobile Enrollment, que automatiza o cadastro de dispositivos adquiridos pelo cliente na plataforma de gestão da Samsung.

“Essas novas atribuições representam o reconhecimento da qualidade do trabalho realizado pela equipe do SIDI”, avalia Thiago.

Little Artist ganha versão para Windows 10
14 de fevereiro

Desenvolvido pelo SIDI, o aplicativo Little Artist acaba de ganhar uma nova versão destinada a computadores da Samsung com Windows 10. Mais do que uma atualização do sistema operacional, o produto traz novos recursos e ajustes de usabilidade que ampliaram o universo de equipamentos em que o aplicativo pode ser utilizado.

“A primeira versão do Little Artist, lançada em 2013 para Windows 8, teve como objetivo fomentar o uso dos Notebooks Touch da Samsung por crianças de 3 a 9 anos de idade”, conta Matheus Henrique Oliveira de Paula, da equipe de PC Solutions do SIDI. “Para explorar os recursos do equipamento, o aplicativo focou em novas interfaces, como o uso do dedo ou da caneta digital para desenhar na tela touchscreen, e também no acelerômetro, que detecta a rotação e os movimentos do dispositivo”, explica.

A ideia era permitir que a criança usasse o Notebook como prancha de desenho e pintura, com diversas ferramentas disponíveis para tornar seus trabalhos mais bonitos e criativos: adesivos, carimbos, canetas e tintas especiais, sprays, fundos para a criação de cenários e outros elementos pré-existentes. Todos esses recursos continuam disponíveis na versão para Windows 10.

A equipe de PC Solutions do SIDI também fez ajustes para que o Little Artist possa ser utilizado em outros computadores Samsung com Windows 10 - além dos Notebooks Touch. “Para isso, era preciso tornar o aplicativo fácil de ser usado por meio do mouse e do teclado comuns; sem a dependência dos recursos de touchscreen, caneta digital e do acelerômetro”, acrescenta Matheus Henrique Oliveira de Paula.

Essa é uma das vantagens da nova versão do Little Artist, que está disponível para download na Microsoft Store, loja de aplicativos da Microsoft.

Samsung Pay: sucesso com um toque brasileiro
24 de janeiro

O lançamento do Samsung Pay no Brasil, ocorrido em julho de 2016, foi um acontecimento importante para a Samsung e para o mercado brasileiro, escolhido para ser o primeiro na América Latina a dispor desse serviço. E o SIDI, em conjunto com a Samsung Brasil e Coreia, teve participação relevante no sucesso desse lançamento, com o envolvimento de diversas áreas em atividades destinadas a garantir o funcionamento do serviço de forma confiável, segura e adequada às características do mercado de pagamentos no país.

A equipe de B2B do SIDI foi a responsável pelo planejamento e coordenação dos testes que precederam o lançamento do Samsung Pay no Brasil. Nos testes de campo foram realizadas mais de 5 mil transações com diversos cartões de diferentes bancos. Para garantir o perfeito funcionamento do serviço, um time de 28 pessoas formado por colaboradores do SIDI, SIDIA, SRBR e parceiros percorreu sete grandes cidades brasileiras adquirindo produtos em cerca de mil estabelecimentos que, posteriormente, foram doados.

O time de Desenvolvimento de Soluções Móveis foi responsável pela criação de uma ferramenta para o registro, consolidação e avaliação das transações, permitindo um acompanhamento diário da evolução do projeto.

Na área de Segurança Cibernética, o SIDI colaborou com as discussões de requisitos referentes às redes de pagamentos a serem integradas ao Samsung Pay e, ainda, participou do desenvolvimento de provas de conceito relacionadas à camada do framework de pagamento seguro.

O alinhamento com a Samsung Coreia, para desenvolvimento de novas funcionalidades e interfaces específicas para o país foi feito pelo time de Desenvolvimento para Dispositivos Móveis que criou um grupo voltado para o Samsung Pay. No início, o trabalho concentrou-se, principalmente, na correção de bugs e no desenvolvimento de modificações específicas na solução.

Entre as melhorias desenvolvidas para atender às especificidades do mercado brasileiro, destaca-se a captura do CPF, onde o usuário pode apresentar o celular para o atendente que poderá realizar a leitura do código de barras diretamente no aparelho. Outra importante melhoria foi a digitalização de vários tipos de cartões pessoais do usuário, tais como seguro e plano de saúde, para a inclusão de informações básicas (como número, validade, etc). O terceiro destaque fica por conta do suporte ao Find My Mobile (FMM) que, agora, também permite apagar os dados dos cartões registrados no aparelho.

Para 2017, está prevista a ampliação do trabalho do time de desenvolvimento de software voltado para o Samsung Pay e suporte ao lançamento do serviço em outros países da América Latina.

Samsung Concierge: serviço personalizado para usuários premium
20 de janeiro

Exclusivo para o Brasil, o Samsung Concierge coloca à disposição dos usuários do Galaxy S7 e S7 Edge um serviço premium e gratuito de assistência personalizada. Uma equipe própria da Samsung está sempre pronta para atender às mais diversas necessidades do cliente - de uma simples dica de uso ou configuração ao agendamento de reparos no aparelho, com a indicação da assistência técnica mais próxima.

O objetivo é oferecer um atendimento diferenciado aos consumidores que adquirem os smartphones topo de linha da Samsung e, com isso, fortalecer o relacionamento com esses usuários mesmo depois da venda, aumentando assim o Proud to Own – ou em tradução livre – orgulho em ter o aparelho.

Vale ressaltar que um call center foi montado pela Samsung exclusivamente para suportar o Concierge. Durante o processo de aprendizado todos os atendentes foram treinados por um renomado consultor de marcas de luxo com experiência em marcas como Montblanc e Cartier.

Ao se registrar no aplicativo, o usuário passa a dispor de um assistente pessoal que o atenderá em suas necessidades, seja via telefone ou chat. Por meio de um sistema inteligente, o serviço reconhece o contato do cliente e garante que ele seja atendido sempre pelo mesmo assistente - evitando que o usuário tenha de relembrar seu histórico de atendimento cada vez que utilizar o serviço.

A equipe do SIDI trabalhou em conjunto com as áreas de Marketing, Contact Center e parceiros de desenvolvimento da Samsung Brasil. O time foi responsável pela modelagem, definição e execução do projeto que resultou no lançamento do Samsung Concierge, ocorrido no início de abril de 2016, e continua trabalhando em versões futuras e novas features a serem incorporadas ao serviço.

Samsung Embaixador: Treinamento e Engajamento de Força de Vendas
19 de janeiro

Plataforma de engajamento das equipes de vendas que atuam dentro das lojas das operadoras e grandes redes varejistas, o Samsung Embaixador foi lançado com exclusividade no Brasil com foco no smartphone Galaxy S7. A intenção é transformar esses vendedores - chamados de Embaixadores - em especialistas capazes de esclarecer dúvidas e convencer os consumidores a optarem pelo produto Samsung.

Para estimular os Embaixadores, foi criado um programa de fidelidade/treinamento com duração de 12 meses, período em que são realizadas competições com a distribuição de vários prêmios. Por meio de um aplicativo instalado no smartphone, os Embaixadores - que recebem um Galaxy S7 - podem acessar conteúdos de treinamento e responder às perguntas do quiz, para concorrer aos prêmios, além de acompanhar o ranking da competição.

Desenvolvido pelo SIDI juntamente com a área de Retail Marketing e com parceiros de desenvolvimento da Samsung Brasil, a plataforma foi lançada em setembro de 2016, com a Vivo. Ainda em 2016, o Samsung Embaixador foi ampliado para a Saraiva e, neste ano, deverá chegar a outras operadoras e lojas que atuam no mercado brasileiro.

A intenção é levar a solução para outros países, transformando o Samsung Embaixador em um serviço global.

Samsung Kids, um parquinho de diversões virtual
17 de janeiro

Criado para o mercado brasileiro, o aplicativo foi lançado em fevereiro de 2016 e está disponível para uma grande variedade de aparelhos Samsung. A ideia é permitir o compartilhamento do dispositivo entre pais e filhos, mantendo o ambiente seguro - as crianças têm acesso restrito a aplicações adequadas à sua idade (2 a 6 anos).

O Samsung Kids foi desenvolvido no SIDI, a partir de uma pesquisa feita em parceria com os times de Product Innovation da Samsung e de design do SIDIA, utilizando uma ferramenta voltada para a criação de jogos. Funciona como um parquinho virtual, com diversas brincadeiras, jogos, álbum de figurinhas e outras atividades de recreação infantil.

No Samsung Kids, a criança pode escolher um personagem e sua fantasia para participar das várias brincadeiras no parque, com temas personalizados. No quartinho da diversão, ela encontra diversos games, como o jogo da memória, ligue os pontos e aventura espacial, além da câmera e desenho. Os pais também podem selecionar aplicativos de terceiros, em seu celular, para serem compartilhados com seus filhos.

Disponível para download na Google Play Store e na Galaxy Apps, o Samsung Kids possui mais de 300 mil usuários e conta com mais de 12 mil usuários diários.

Samsung+, desenvolvimento Cloud para o mercado dos EUA
16 de janeiro

Resultado de contrato firmado pelo SIDI com a Samsung Electronics America (SEA), de Mountain View, Califórnia, o Samsung+ é uma plataforma de fidelização de usuários voltada para o mercado norte-americano. Por meio dela, o usuário pode resolver problemas on-line, receber informações personalizadas (selecionadas de acordo com seu perfil) e participar do sistema de pontuação/fidelização da SEA.

O SIDI foi responsável pelo desenvolvimento do serviços de gerenciamento de dados dos usuários e de personalização de conteúdo, que rodam na “nuvem” (Cloud da AWS). Juntos, estes serviços interagem com vários outros sistemas da Samsung e entregam informações relevantes para cada usuário, baseada no seu perfil e nos seus aparelhos, tornando a experiência com a plataforma bastante individualizada e pessoal.

Além do desenvolvimento, o time também participa da operação do sistema, garantindo o atendimento continuado aos mais de 40 milhões de usuários registrados.

VoWi-Fi: chamadas de voz sobre Wi-Fi pelos celulares Samsung
11 de janeiro

As chamadas de voz por redes de dados - Wi-Fi ou LTE - são uma tendência que vem crescendo no mundo todo. No Brasil, duas operadoras - Vivo e Porto Seguro (operadora móvel virtual) - foram as primeiras a lançar o serviço de voz sobre Wi-Fi (VoWi-Fi) para os usuários. E a Samsung foi a primeira fabricante a oferecer suporte a esses serviços em plataforma Android no país, com seus novos modelos de celulares 4G.

O SIDI tem um papel importante nesse pioneirismo. Afinal, para funcionar adequadamente, o VoWi-Fi - e também o VoLTE (voz sobre LTE) - exige forte integração entre o terminal e a rede de dados. Foi aí que entrou o trabalho realizado pela área de Desenvolvimento para dispositivos móveis (modelos) do SIDI - especificamente pelo time de IMS, criado em 2015 dentro do grupo de protocolo (responsável por problemas de conexão dos aparelhos com as redes móveis) para cuidar de serviços multimídia.

Um dos destaques do trabalho do time de IMS em 2016 foi o suporte à Vivo, que tornou possível a disponibilidade do serviço Vivo TU Go nos aparelhos 4G da Samsung. A operadora solicitou à equipe do SIDI o desenvolvimento de alguns recursos específicos para o seu serviço - que virtualiza a linha móvel, permitindo ao cliente usar o número do seu celular e o seu plano para falar e enviar mensagens pela rede Wi-Fi.

Além disso, o time do SIDI também deu suporte a serviços semelhantes já oferecidos por outras operadoras da América Latina - entre elas, a Cable & Wireless (PCW), do Panamá, a Avantel e a Movistar, ambas da Colômbia. Operadoras que atuam no Peru, Argentina e Porto Rico também estão realizando testes para lançar o serviço - com o suporte do SIDI.

Samsung All in One com software para TV brasileira
6 de janeiro

Desenvolvido no SIDI a pedido da Samsung Coreia, o software para a versão com TV do Samsung Essentials All in One - computador com monitor integrado e central multimídia completa, lançado em setembro no Brasil - é um dos destaques do trabalho da equipe de PC Solutions em 2016. Incorporado à placa de recepção de TV, o software permite a sintonia dos canais de televisão analógica e digital.

Para isso, além de desenvolver o software, a equipe do SIDI também viajou pelo Brasil realizando testes. Com base nos resultados, foram feitas adaptações no software de TV para contemplar as diferenças regionais das diversas emissoras do país. Boa parte do trabalho foi dedicada a permitir o suporte aos recursos de TV digital, como guia de programação, legendas, idiomas diversos, tipos diferentes de áudio e controle parental. Entre desenvolvimento e testes, o projeto demandou cerca de um ano de trabalho.

PC Gallery, um software para organização de fotos no PC
4 de janeiro

Lançado em dezembro, o PC Gallery foi desenvolvido pela equipe de PC Solutions do SIDI, com a colaboração de parceiros de desenvolvimento da Samsung. A solução permite reunir e organizar no PC, equipado com Windows 10, fotos e vídeos e está integrada com a Samsung Cloud, facilitando a transferência de fotos e vídeos dos smartphones Samsung para o PC.

Um de seus grandes diferenciais é a possibilidade de criação de álbuns de fotos automaticamente pelo software. Para isso, a equipe do SIDI trabalhou em algoritmos específicos de análise de imagens, que levam em conta vários técnicas para construção dos álbuns. Outras funcionalidades interessantes são: organização por etiquetas, visualização das fotos em mapas, suporte a vídeo 360º e edição de fotos.

Apresentado no estande da Samsung no CES 2017, realizado em janeiro em Las Vegas, o PC Gallery está disponível na loja de aplicativos da Microsoft, podendo ser baixado por qualquer usuário de Windows 10 no mundo.

SIDI terá espaço na FIEE 2017
26 de maio

O SIDI marcará presença na 29.ª edição da Feira Internacional da Indústria Elétrica, Eletrônica, Energia e Automação (FIEE), que será realizada entre os dias 25 e 28 de julho, no centro de exposições São Paulo Expo, em São Paulo. Promovido pela Reed Exhibitions Alcantara Machado, o evento conta com o apoio oficial da Abinee - Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica e é um dos mais importantes desse setor no país. Neste ano, a previsão dos organizadores é receber mais de 50 mil visitantes na exposição, que ocupará uma área de 30 mil metros quadrados, dividida em quatro segmentos: automação, eletrônica, equipamentos industriais e geração, transmissão, distribuição e comercialização de energia (GTDC).

Pela primeira vez, o SIDI terá um espaço nesse evento, dentro do estande do IPD Eletron - ao qual é associado. Será um estande compartilhado com outros institutos de pesquisa, no qual o SIDI terá a oportunidade de apresentar sua experiência, competências e trabalhos realizados.

Visite o nosso espaço! O São Paulo Expo fica no km 1,5 da Rodovia dos Imigrantes, Água Funda, na capital paulista.

TV On: software para TV ganha nova versão e mais recursos
5 de maio

A gravação de programas é a principal novidade da versão 2.0 do TV On, software para TV desenvolvido pelo SIDI para o Samsung Essentials All in One, computador com monitor integrado e central multimídia completa. O novo recurso permite iniciar a gravação imediatamente, acionando o botão adequado, ou agendar o horário desejado, seja pelo guia de programação (no caso de TV digital), seja inserindo a hora do programa.

Com a gravação de programas, a nova versão do software também oferece o recurso de playback (avanço/retrocesso). Outra novidade é o Compact View, que permite abrir uma pequena janela em um canto da tela do monitor, pela qual o usuário poderá acompanhar um programa de TV enquanto trabalha, ou executa uma tarefa, no computador. Além disso, a versão 2.0 do TV On inclui mais duas funções: Sleep Timer (que desliga a TV e coloca o PC em repouso) e Esconder Canais (que deixa visíveis os canais mais assistidos).

O desenvolvimento do software para a versão com TV do Samsung Essentials All in One é um projeto do SIDI, desenvolvido a pedido da Samsung Coreia, que envolveu uma série de adaptações e testes visando contemplar as diferenças regionais das diversas emissoras do Brasil e, ainda, permitir o suporte aos recursos de TV digital.

A versão atualizada do TV On, que roda em Windows 10, já está disponível através do Samsung Update.

Kids Sensory coloca o SIDI em posição de destaque na área de AR
20 de abril

Realidade aumentada e realidade virtual (AR/VR) são tecnologias que vêm despontando como fortes tendências no mundo para os próximos anos. Atenta a essa tendência, a Samsung definiu AR/VR como uma das áreas de interesse para a apresentação de propostas na 1.ª Mobile Developers Conference (MDC), realizada em outubro, na Coréia - que reuniu diversas equipes de pesquisa e desenvolvimento da Samsung. E o SIDI vem conquistando visibilidade importante nessa área, com o desenvolvimento do projeto do Kids Sensory, escolhido como a melhor proposta em AR/VR na 1.ª MDC. “Nosso foco é criar um caso de uso real, aplicável, de realidade aumentada voltada para o público infantil”, afirma Eduardo Seiti de Oliveira, que apresentou a proposta na conferência na Coréia e hoje é um dos principais responsáveis pelo desenvolvimento do projeto. “Hoje, graças à participação nessa conferência, é possível dizer que o grupo do SIDI tem visibilidade na área de realidade aumentada, com especialidade em interação”, acrescenta.

Confira a entrevista de Eduardo Seiti à newsletter do SIDI:

Como surgiu a ideia do Kids Sensory?

Quando foi feita a chamada das propostas para a 1.ª MDC, realizada em outubro de 2016, houve um direcionamento da Samsung, que definiu três áreas de inovação: AR/VR, Inteligência Artificial e Internet das Coisas. Para montar a proposta do SIDI, utilizamos nossa experiência no desenvolvimento de aplicações para o público infantil, levando em conta o resultado de uma pesquisa junto a usuários, realizada dois anos antes, quando começou o projeto do Samsung Kids. Essa pesquisa apontou algumas direções, como a necessidade de maior integração entre as atividades infantis no celular e o mundo real, para atender uma preocupação dos pais com o fato de a criança ficar muito tempo parada usando o telefone. Além disso, naquele momento (em 2016), a grande febre do momento era o jogo Pokémon GO, que usa recursos de realidade aumentada.

E como foram as apresentações nas duas Mobile Developers Conference, na Coréia?

Na primeira conferência, em setembro, fizemos alguns vídeos para mostrar o conceito e apresentar a ideia. Já na segunda edição da MDC, realizada em março, apresentamos alguns protótipos de aplicações usando realidade aumentada. Porém, para isso, tivemos que utilizar tecnologias ainda não disponíveis nos dispositivos da Samsung. Foi o caso da tecnologia de sensoriamento de ambiente que o Google desenvolveu, chamada Tango, que permite criar um modelo 3D para ser empregado nas aplicações. Além desse kit de desenvolvimento, utilizamos um dispositivo (de outro fabricante) com recursos para a captura de informações do ambiente real - como a distância entre elementos - a serem incluídas no modelo 3D do ambiente virtual.

Para a próxima conferência, qual será o destaque?

Um dos objetivos desses encontros, realizados a cada seis meses, é acompanhar as evoluções dos projetos. Assim, na próxima edição do MDC, prevista para setembro ou outubro, vamos apresentar a evolução do Kids Sensory, um projeto de inovação que tem um cronograma de desenvolvimento de três anos. Pretendemos apresentar uma interação mais complexa do que a primeira, com base em um teste a ser realizado com usuários no Brasil. Com esse teste, a intenção é validar as interações dos nossos protótipos - e da nossa proposta - para, então, partir para o desenvolvimento de uma interação mais complexa em uma aplicação de realidade aumentada para o público infantil.

Qual é a faixa etária para essas aplicações?

Esse teste tem, justamente, o objetivo de determinar a idade que poderá ser atingida com esse tipo de interação. Acreditamos que, provavelmente, ficará entre os 5 e 6 anos de idade. Na proposta, tivemos a preocupação de criar interações com imagens, que não dependessem de leitura, de modo a atingir crianças ainda não alfabetizadas.

Como você avalia a participação do SIDI nesses eventos globais da Samsung?

De maneira geral, a oportunidade de participar desse movimento tem sido bastante interessante para nós. Trata-se de uma iniciativa da área de inovação da Samsung, que tem a intenção de integrar ainda mais as diversas equipes de pesquisa e desenvolvimento da empresa no mundo. É um espírito de conferência acadêmica, de compartilhar conhecimento e, com isso, fomentar todo o ecossistema de P&D. Com isso, a gente consegue ver o que as outras equipes estão fazendo e, de certa forma, até fazer uma comparação…

Nessa comparação, especificamente em AR/VR, é possível avaliar o nível do SIDI em relação a outras equipes do mundo?

Na apresentação dos protótipos, que ficaram alinhados um ao lado do outro em uma área da MDC, ficou visível que a grande maioria dos projetos - com exceção do nosso - estava focada em pesquisa de base, no desenvolvimento de tecnologias que habilitam interações. Tinha um grupo da Rússia, por exemplo, que apresentou proposta de desenvolvimento de um sensor novo; outro grupo, da Índia, apresentou a ideia de um sistema para distribuição de conteúdo 360º (de realidade virtual). Mas ainda são pesquisas de base, longe de um produto final. Já a nossa proposta está em outra ponta: um protótipo de interação usando tecnologias que a gente não vai desenvolver e que serão integradas em aplicações voltadas para o público infantil, envolvendo facilidades de user experience.

Na sua opinião, realidade aumentada é mesmo uma tendência para o futuro?

Pelas possibilidades de aplicação que enxergamos com o projeto Kids Sensory, é possível dizer que essa é uma área com potencial muito maior do que a realidade virtual. Apesar da febre do Pokémon GO, ainda não se criou um modelo para uso em massa de aplicações de realidade aumentada. E o próprio Pokémon GO tem apenas algumas pinceladas de realidade aumentada - a principal é a distribuição geográfica dos diversos bichinhos e elementos do jogo. A mistura do Pokémon com o mundo real é muito simples, apenas uma sobreposição de imagens, sem nenhuma referência de fato. Para compor a proposta do Kids Sensory, nós estudamos algumas soluções, que foram mais experimentos. A grande aposta hoje em realidade aumentada é voltada para o mundo corporativo, especialmente na área de treinamento e suporte para manutenção.

No SIDI, estamos apostando em uma interação mais casual e voltada para o público infantil, com foco principalmente em entretenimento. A ideia é usar o ambiente da criança dentro de casa como um playground em que ela desenvolve atividades reais, acompanhadas por um personagem virtual. Em um dos protótipos que apresentamos na MDC, utilizamos o reconhecimento de imagem para fazer essa ligação entre os mundos real e virtual. No caso, o personagem virtual aparece na tela e pede uma fruta para a criança, que precisa achar essa fruta dentro de casa e fazer o reconhecimento da imagem no celular. Com isso, a ideia é estimular a criança a se movimentar pela casa e a interagir com os objetos reais. O foco inicial do projeto é entretenimento, mas também é possível acrescentar componentes educacionais na atividade. Esse pode ser um motivador atraente para os pais que, como mostrou a pesquisa que realizamos em 2014, estão preocupados com a questão do uso do celular pela criança.

Galaxy S8: uma operação secreta no SIDI
7 de abril

Desenvolvedores confinados em salas com acesso restrito - e controle de digital -, amostras trancadas dentro de um cofre e conferidas diariamente. Tudo isso para manter o sigilo das inovações introduzidas nos modelos Galaxy S8 e S8+, enquanto o time de Desenvolvimento para Dispositivos Móveis do SIDI trabalhava na preparação dos novos smartphones Samsung para o lançamento nos mercados brasileiro e da América Latina.

“Foi um projeto secreto, que começou em dezembro do ano passado e se estendeu até o final de março, para que os aparelhos pudessem estar disponíveis para os usuários”, conta Ariston Carvalho, reponsável pela equipe de desenvolvimento de modelos do SIDI. O trabalho dessa área consistiu na aplicação nos novos modelos de todas as funcionalidades específicas utilizadas nas diversas operadoras do Brasil e da América Latina, além da execução de testes e adaptações para cada rede móvel - o que incluiu a disponibilidade de chamadas de voz por redes de dados (VoWi-Fi e VoLTE).

Duas salas no SIDI foram reservadas a essa operação secreta, que envolveu cerca de 10 desenvolvedores e 20 testadores. Parte desses profissionais da área de protocolo foi a campo, com o objetivo de avaliar o funcionamento dos novos dispositivos nas redes móveis das diferentes operadoras, em 15 países da América Latina. “Por causa do sigilo, foi uma operação complicada”, observa Ariston.

Para realizar seu trabalho, o SIDI recebeu cerca de 20 amostras do S8 e S8+, que todos os dias eram contadas e guardadas em cofre em uma das salas dotadas de controle de acesso através de digital. “Também foi preciso desabilitar configurações, como upload automático de fotos, para evitar um possível vazamento de informações sobre os novos modelos”, acrescenta Guilherme Cincoetti, gerente de projeto responsável pelo desenvolvimento do S8 e S8+ no SIDI.

Esses cuidados foram necessários para preservar o segredo - e o impacto - das inovações trazidas por essa nova linha de smartphones: display infinito, Bixby, leitor de íris, reconhecimento facial, Samsung DeX (que permite usar o dispositivo como um computador de mesa, integrado a monitor, teclado e mouse), entre muitas outras.

SIDI apresenta projetos na 2.ª Mobile Developers Conference
20 de março

Uma nova forma de interação com livros e outros conteúdos impressos, a partir do uso do smartphone. Essa é, em linhas gerais, a proposta do projeto Talking Paper, do SIDI, que foi apresentada na 2ª Mobile Developers Conference (MDC), realizada entre os dias 21 e 23 de março, na Coréia do Sul.

Selecionada na categoria de AR/VR (Augmented Reality/Virtual Reality), a proposta foi apresentada pelo colaborador Leonardo Shiguemi Dinnouti, autor da ideia em conjunto com Leandro Flores de Moura e Ruth Soliani. O objetivo é permitir a narração de textos ou figuras impressos em papel, na medida em que a câmera capta as imagens do conteúdo indicado pelo usuário.

A proposta do Talking Paper já possui um pedido de patente (Add Interactivity to Printed Content) depositado no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI).

Além do projeto Talking Paper, o SIDI também mostrou no evento o protótipo do Kids Sensory, projeto que visa novas formas de interação para o público infantil explorando as tecnologias de AR e AI (Artificial Intelligence). Esta proposta foi premiada na 1ª MDC - realizada em outubro de 2016, também na Coréia - como a Melhor Proposta na área de AR/VR.

Novo processo de homologação de software conquista América Móvil
23 de fevereiro

O time de engenharia de produto (PE) conquistou uma adesão importante ao novo processo de aprovação técnica de releases de manutenção de software. O Grupo América Móvil acaba de colocar em prática esse processo, que organiza e dá mais agilidade à homologação de versões de manutenção de software pelas operadoras do grupo.

“É o primeiro grande grupo regional a adotar esse procedimento, que começou a ser implantado pelo SIDI no segundo semestre de 2015”, destaca José Marcel de Souza, gerente sênior da área. Ele revela que a primeira operadora na América Latina a aderir ao novo processo foi a brasileira Claro, que pertence ao Grupo América Móvil. Agora, as outras operadoras do grupo passam a seguir o mesmo procedimento.

De acordo com o novo processo de homologação, as versões de manutenção de software deixam de ser submetidas a testes nas operadoras. “A Samsung, através do trabalho do SIDI, assume o compromisso de fazer testes internos da nova release e envia um atestado de qualidade para a operadora, que apenas revisa e homologa, sem necessidade de testes adicionais”, explica Marcel. Com isso, tem sido possível reduzir o tempo de aprovação em até 70%.

Com a adesão do Grupo América Móvil, esse novo processo passa a ser seguido pela maioria das operadoras móveis da América Latina. Em 2016, mais de 1.300 releases de manutenção de software foram homologadas pelas diversas operadoras que atuam na região.

Kids Sensory: destaque do SIDI em encontro na Coréia do Sul
7 de fevereiro

O SIDI marcará presença importante no 2º Mobile Developers Conference (MDC), encontro que vai reunir na sede da Samsung na Coréia do Sul, no final de março, diversas equipes de Pesquisa e Desenvolvimento. Um dos destaques do evento será a apresentação do protótipo do Kids Sensory, aplicativo concebido pelo time do SIDI que foi premiado no 1º MDC - realizado em outubro de 2016, também na Coréia - como a Melhor Proposta na área de AR/VR.

“O Kids Sensory é um aplicativo voltado para crianças que envolve o uso de tecnologias de realidade aumentada (AR) e ‘Machine Learning’ (ML)”, resume Rogério Marchi, gerente sênior da área de Mobile Solutions do SIDI. Ele informa ainda que sete profissionais participaram da concepção dessa proposta. O protótipo, em forma de prova de conceito (PoC), já é o primeiro resultado desse trabalho.

Adicionalmente, o SIDI submeteu novas propostas para o encontro de março, quando serão discutidas estratégias e o roadmap de soluções Samsung. Henrique Postal, consultor da área de Inovação, menciona que o SIDI encaminhou cinco propostas à comissão de avaliação do 2º MDC, responsável pela seleção das ideias a serem apresentadas pelos autores durante o evento.

“Temos propostas nas áreas de Saúde, Computação em Nuvem (Cloud), AR/VR e Aplicações”, adianta Postal.

A divulgação das propostas selecionadas para apresentação na 2º Mobile Developers Conference deverá ocorrer no início de Março.

Segurança cibernética: maior proteção aos usuários
13 de janeiro

Mais de mil potenciais riscos reportados desde 2012, ano em que o SIDI iniciou o trabalho de avaliação de segurança em diversos sistemas e plataformas utilizados pelos dispositivos Samsung. Esse é um dos destaques do SIDI em 2016, na área de segurança cibernética - que tem o objetivo de evitar que as ameaças cheguem até os usuários e de aumentar a resiliência dos dispositivos móveis a ataques cibernéticos.

Por se tratar de uma área extremamente dinâmica, o time se capacita continuamente em novas tecnologias adotadas pela Samsung em seus produtos e se mantém atualizado com relação às tendências e novas técnicas de ataque. O trabalho da equipe do SIDI nessa área está diretamente ligado aos times de segurança da Samsung na Coreia e nos Estados Unidos.

Além de avaliar os sistemas embarcados e plataformas de serviços na “nuvem” (Cloud) em busca de potenciais riscos, a equipe do SIDI também propõe métodos de correção e melhorias para que os problemas não afetem os consumidores finais. A mesma equipe ainda contribui no desenvolvimento de funcionalidades da plataforma de segurança Samsung Knox e da solução Samsung Pay.

Desenvolvimento de software: mais trabalho e mais qualidade
9 de janeiro

Em 2016, o time de Desenvolvimento para Dispositivos Móveis do SIDI ultrapassou a marca de 3.000 releases de software desenvolvidos para os aparelhos Samsung - entre programas para novos modelos, atualizações de sistema operacional e releases de manutenção - disponíveis para os mercados do Brasil e da América Latina. Desse total, mais de 2.200 foram aprovadas - o que significa um aumento de 71% em relação às releases de software aprovadas em 2015.

Ao mesmo tempo, a equipe do SIDI conseguiu reduzir o tempo para aprovação de projetos - nos casos de upgrade de sistema operacional, por exemplo, o prazo médio melhorou em aproximadamente 35% de 2015 para 2016. Desta forma, os aparelhos lançados chegaram mais rapidamente ao mercado brasileiro.

Outro destaque nessa área, em 2016, foi a intensificação do trabalho de desenvolvimento de releases de manutenção de segurança, em função de um acordo firmado entre a Google e a Samsung. Pelo acordo, a Google se compromete a entregar todos os meses patches de segurança para o sistema Android. E a equipe do SIDI ficou com a responsabilidade de desenvolver os releases de manutenção de segurança para os dispositivos Samsung na América Latina, a partir dos patches recebidos da Google.

SIDI Talks: 28 apresentações e 900 participantes, em 8 meses
6 de janeiro

Compartilhar conhecimentos em áreas específicas de tecnologia - em especial, as de interesse do SIDI e seus colaboradores. Esse foi o principal resultado do SIDI Talks, mais uma iniciativa importante da área de inovação do instituto realizada no decorrer de 2016.

Todas as sextas-feiras pela manhã, durante oito meses, os colaboradores tiveram a oportunidade de assistir a apresentações sobre temas variados, relacionados a projetos desenvolvidos no SIDI, ou a tecnologias estratégicas de interesse geral. Foram, ao todo, 28 apresentações feitas por 40 profissionais - a maioria do próprio SIDI -, que foram assistidas por um público de aproximadamente 900 pessoas.

Entre os temas que mais chamaram a atenção dos colaboradores, destacam-se o Samsung Pay (lançado em julho no Brasil pela Samsung, em parceria com várias instituições financeiras), o conceito de Internet das Coisas e a metodologia Lean Startup, utilizada em projetos - como os do Lado B - para a construção de um produto mínimo viável (MVP, na sigla em inglês).

A última apresentação do ano foi realizada no dia 2 de dezembro e a intenção é retomar a programação de palestras em 2017.

Desenvolvimento de SW

O SIDI possui um time altamente capacitado para o desenvolvimento das competências técnicas listadas abaixo, prevalecendo a sinergia e o espírito de equipe, sempre com foco na satisfação do cliente.

Chamada Certa

Chamada Certa - Lançado em 2013 durante uma campanha nacional protagonizada por Thiago Silva, capitão e zagueiro da Seleção Brasileira de Futebol, e também atleta Samsung, o Samsung Chamada Certa foi desenvolvido pensando na enorme base de smartphones dual-sim, os chamados multichips. O aplicativo, disponível para modelos dual-sim nas lojas de aplicativos do Google e da Samsung, direciona todas as ligações, de acordo com a operadora. De modo fácil e rápido, reduz em até 60%* o valor da conta do usuário.

*A economia dependerá da política tarifária de cada operadora, pela qual a Samsung não se responsabiliza.

Entre no Jogo

Lançado em 2014 para a Copa do Mundo, o aplicativo Entre no Jogo foi desenvolvido para oferecer uma cobertura completa da Copa do Mundo para usuários de smartphone e tablet Samsung. Notícias, vídeos exclusivos, lance a lance, calendário dos jogos, ficha técnica, estatísticas e até o usual bolão de palpites entre amigos. Depois do sucesso do aplicativo durante a Copa, com mais de 200 mil usuários durante o mundial, o Entre no Jogo se atualizou e passou a oferecer o melhor do Brasileirão no celular.

Kids Mode

Desenvolvido em parceria com a Samsung e lançado em 2014 durante a apresentação do smartphone Galaxy S5 no Mobile World Congress, em Barcelona, o Modo Infantil é uma solução que traz tranquilidade aos pais no uso de seus Smartphones e Tablets pelos filhos. Em um ambiente divertido e seguro, configurado pelos pais através de um controle parental dentro do aplicativo, as crianças são apresentadas ao Croco, um simpático jacaré e personagem central da solução. Como o modo é dividido em três grandes áreas, as crianças podem brincar e interagir com o Crocro e seu habitat, acessar aplicativos inteiramente redesenhados para elas e selecionados pelos pais, e até mesmo fazer chamadas de voz para números previamente selecionados.

S Notes

Desenvolvido em parceria com a Samsung, o S Notes é a expansão do famoso aplicativo S Note, lançado junto ao Galaxy Note para laptops e dispositivos Samsung com Windows 8. Com o S Note é possível criar, editar e gerenciar anotações de maneira eficiente no dispositivo móvel e no PC. Basta acessar a conta Samsung ou conta Evernote para ter acesso ao S Note, de qualquer lugar. Por meio da sincronização do dispositivo móvel com o PC, todos os arquivos de anotações estarão imediatamente disponíveis no PC, a qualquer hora, em qualquer lugar.